Image Map

terça-feira, 1 de novembro de 2011

A cor que o mundo tem é a cor que você dá

  Vai lá, se pinta e pinta o mundo da cor que você quer, da cor que te convém.
Lança o olhar na imensidão, buscando sabe-se lá o que, mas que um dia chegará.
Deixa a lágrima cair, deixa que ela role no teu rosto, deixa o soluço dar lugar ao silêncio, põe pra fora tudo isso. E quando acabar, veste esse sorriso, esse sorriso que é só teu, mostra pro mundo que alguns podem te presentear a tristeza, mas tantos outros, 2 vezes mais irão existir só pra enfeitar teu rosto com uma alegria. Que a alegria é sinônimo de renovação. Lembra que pra cada choro, existem 2 sorrisos  pra tomar esse lugar e preencher esse vazio. 
  Finca os pés no chão, sente a areia, sente a brisa que te envolve, exercite a liberdade. Vai, olha o mar, veja as ondas que vão e vem, essa é a lei da vida. E lá, além, alí, logo alí existe um horizonte, pra te lembrar que algumas coisas são infinitas e há tanto ainda para se conhecer, para se viver. Sonha, sonha muito, sonha alto. Deseja o impossível e de tanto desejares, ao abrir os olhos ele estará diante de ti.
  Sente a essência que sempre passa despercebida. E se for necessário, volta atrás. E se não der, segue em frente, mas saiba que para cada erro, existe uma caixinha escondida, dentro dessa caixinha vai estar algo que você tem por obrigação levar consigo: o aprendizado! Se você esquece-se de abrir a caixinha e levar o seu prêmio, de nada valeu tudo isso.
   Não exija do mundo mais do que você possa receber. Saiba esperar, é difícil, eu sei, mas toda espera vale à pena! Lembre-se de que nem sempre o que se consegue sem esforço é bom. Vai em frente, explora esse universo que é todo teu.           

   Mas não te esqueças de criar raízes, deixar rastros, ou até mesmo atalhos para que você possa ter e saber para onde voltar quando cansar-se da aventura. Não leve tudo tão a sério, dentro de cada um existe uma criança escondida, exercite-a vez ou outra. Seriedade em demasia só serve pra te envelhecer antes da hora. E por mais que tentem, não deixe nunca, jamais que seu coração embruteça. Imagine que ele um dia servirá de moradia para alguém, ninguém vai querer habitar em um lugar triste, escuro e vazio.
  E não te esqueça de dançar, não te esqueças de cantar, não te esqueças de gritar, não te esqueças de se emocionar. E vive, vive, vive. 
   E então, quando já tiveres feito tudo isso, volta a se pintar.  
  (Por Thays Castro)



0 Comments:

Postar um comentário

Bora comentar!